41 3045 5012 | 47 3237 4779

Câmbio do Dia | 06/12/19 | Dólar: 4,35 | Euro: 4,82

Santuários Sagrados de São Miguel arcanjo na Europa

May 14, 2018 | By: Domus

Santuários Sagrados de São Miguel Arcanjo na Europa

 

Para aqueles que tem a devoção aos santos anjos e principalmente no Arcanjo Miguel, saibam que existe um caminho lindo inexplorado pelos brasileiros que inicia na Irlanda e termina em Israel.

Então, o caminho tem um apelo totalmente místico pois estão localizados sete santuários erguidos em linha reta, em honra ao culto a São Miguel Arcanjo. Porém dentre estes, três são considerados de maior importância por apresentarem entre si uma distância exata de mil quilômetros. Os santuários construídos em diferentes séculos, contém histórias fantásticas desde o momento de sua construção. Ambos foram erguidos a pedido do Arcanjo Miguel, que aparecera em diferentes momentos a religiosos ou leigos solicitando tamanho feito. Junto com a parte mística, a história que envolve cada local deixa estudiosos e historiadores fascinados.

Rota de peregrinação desde os mais tenros séculos depois de Cristo, reis, papas, santos, duques e imperadores saíram em caminhada cada um com seu propósito, rogando ao Príncipe da Milícia Celeste a vitória para as suas batalhas de vida ou espirituais.

Santos como João Paulo II, Padre Pio, Joana D’Arc e São Francisco de Assis, foram devotos do arcanjo e deixaram de herança parte da veneração aos santos anjos, somado a conhecimentos específicos dos doutores da Igreja como Santo Agostinho e São Tomás de Aquino a crença nos anjos como dogma de fé.

Abaixo listamos os três principais santuários de São Miguel arcanjo, sua localização e o século de construção:
 

Le Mont Saint Michel1. Le Mont Saint-Michel. Erguido na França no século VIII, localizado na Normandia. Hoje é o segundo destino turístico mais visitado da França após Paris. O local entrou para o Patrimônio Histórico da Humanidade pela UNESCO. Trata-se de uma abadia beneditina que passou por guerras e grandes revoluções. O monte é cercado por águas e existe um calendário específico para visitação, uma vez que quando as marés estão altas o acesso aos diques ficam cobertos pela água, impedindo a passagem ao Monte.
 

 

 

2. La Sacra di San Michele. Localiza-se há alguns quilômetros de Turin, ao norte da Itália. Esta abadia beneditina foi construída entre os séculos X e XI. O local é muito íngreme e por esta peculiaridade, muitos atletas do rapel e mountain bike frequentam a Sacra como rota esportiva. O escritor Umberto Eco passou meses estudando o local e ali inspirou-se para escrever o best-seller O Nome da Rosa. Em novembro de 2017 ocorreu um incêndio que destruiu o topo da abadia e neste momento a mesma encontra-se em restauração e portanto, fora desta rota até o seu reestabelecimento.
 

 

 

3. Gruta do Monte Gargano. Esta gruta carinhosamente chamada de basílica celeste, foi o primeiro local erguido em honra ao Arcanjo Miguel no Ocidente, no século V. Está na região de Foggia, mais precisamente no Monte Gargano ao sul da Itália. No século XIII São Francisco teria peregrinado de Assis ao Monte Gargano. Mas ao chegar na gruta, sentindo-se indigno de entrar no santuário sagrado, ajoelhou-se e pôs-se a rezar. No lugar onde repousou a sua testa formou-se um TAO (marca em cruz de tao, com as sobrancelhas e nariz do santo) na parede. Hoje, para a preservação da marca já desgastada, encontramos um altar em honra a São Francisco de Assis. A vista da Manfredônia sobre o Monte Gargano é belíssima. A água azul do mar contrasta com o branco das casinhas na encosta do morro. Em algumas épocas do ano acontece a procissão com fiéis trajando vestes especiais carregando um andor com o Arcanjo Miguel.

Estes santuários são considerados misteriosos por estarem situados num alinhamento perfeito sobre a terra e ambos dedicados ao culto ao Arcanjo Miguel, e sagrados por serem rota de peregrinação de importantes papas e santos da Igreja Católica.

Em setembro de 2018, a Domus Viagens estará levando a primeira turma de brasileiros a peregrinar na linha sacra de São Miguel Arcanjo, percorrendo o Le Mont Saint-Michel e a Gruta do Monte Gargano. No roteiro estão previstos outros santuários ou monumentos ligados à devoção aos santos anjos.

avaliações